30 de abr de 2012

Oi. Eu voltei.

As coisas não mudaram tanto afinal. Uma vez me disseram que só um amor pode substituir outro. E eu tola acreditei que eu pudesse forçar as coisas, que eu pudesse escolher quem amar. Como sou idiota! Em termos deu certo, mas eu me sinto mal com isso, e eu deveria me sentir feliz certo? Talvez eu seja pessimista, mas as coisas não deviam ser assim. Eu sei que as coisas não são perfeitas como nos contos de fadas, mas eu também sei que a gente deve ser feliz com o que tem, ao invez de sentir falta do que teve. Eu não consigo não sentir falta. Porque ainda falta ele aqui para as coisas estarem certas, porque ele é o tipo de pessoa que vale a pena, o tipo de amigo que não tem como esquecer ou substituir. Eu burra, tentando consertar tudo, só arrumei um motivo a mais pra me sentir mal. Tola. Então assim desse meu jeito confuso eu vou piorando tudo, sofrendo por coisas que só eu vejo, perdoando quem devia ignorar, e sonhando com planos impossiveis, tentando ser feliz apesar de ter quase certeza que felicidade não consta no meu destino. Continuo inssistindo, continuo lutando. Querendo, sofrendo. Continuo me calando, continuo não dizendo coisas que precisam ser ditas. Continuo amando o cara errado. Continuo magoando quem eu amo e a mim mesma. Porque eu sou assim. Tola.

Nenhum comentário: